[Marcio Zanini 78] - Entrevista Lucas França

Olá leitores!


A editora Xeque Matte irá lançar em breve um livro de terror (Título ainda não revelado), que será uma colaboração entre quatro autores: Lucas França, Pablo Madeira, Helena Dias e Renan Merlin.


prefácio do livro será escrito pela Ananda Veloso.

O livro terá ligação com as quatro estações do ano. Cada autor é responsável por um conto. Ao que tudo indica, esses contos são interligados, formando uma história central.


Enquanto esperamos ansiosos pelo livro e por mais novidades, trouxe até vocês uma entrevista com um dos autores, Lucas França. Que também já deu as caras aqui no Clube do Livro em outra postagem mostrando seus trabalhos no wattpad, que você pode conferir clicando AQUI.

Um gostinho da capa do livro:




1 – Como foi seu início na literatura? Aquele momento em que você percebeu que gostou de ler e sentiu vontade de ler mais.
R: Um dos livros que me chamaram muito a atenção e me cativou para a Fantasia foi o livro "Dragões de Éter" de Raphael Draccon. Este livro realmente mexeu comigo. Claro, os clássicos são sempre os clássicos, mas este livro me fez ter aquele pensamento: Preciso escrever.

2 – Em que momento pensou em começar a escrever suas próprias histórias?
R: Eu havia entrado em um grupo no whatsapp em meados de 2015, e lá, alguns blogueiros e autoras falavam o tempo todo sobre livros e histórias que escreviam e onde postavam estas histórias, no caso o Wattpad. E foi então que pensei: Por que não?

3 – Sua visão do mercado mudou de quando quis ser escritor para este momento em que está publicando? Qual foi a maior mudança de pensamento a respeito?
R: O principal fator que mudou a respeito da minha visão do mercado literário, foi a realidade do mesmo. No começo, sua principal preocupação é em escrever e ter leitores. Hoje, não é somente escrever, exige um processo (e se não tiver os contatos certos, pode ser muito oneroso), para publicação.

4 – Como será seu livro?
R:Terá continuação? O que tem a dizer para os leitores sobre ele? (Essa pergunta só precisa responder quem fará mais de um livro)

5 – O que os leitores podem esperar a respeito da história?
R: Bom, essa pergunta é complicada e ao mesmo tempo fâcil.  Mas acho que o próprio nome do livro indica o que o livro quer passar. As Estações do Medo, difinitivente não é pra quem tem estômago fraco.

6 – Quais os planos para os próximos livros depois do seu atual a ser lançado pela Xeque Matte? Algum gênero que gostaria de escrever?
R: Depois que publicar este, o próximo na lista é Momentum, o primeiro livro que escrevi e que quero ver na minha estante e na dos meus leitores também. Mas,  ainda existem outros projetos em andamento.

7 – Você já lançou livro antes? Seja independente ou por outra Editora?
R:  Não, esta é a primeira vez que publico algum livro.

8 – Como está sendo sua experiência com a Xeque Matte?
R: Está sendo a primeira e melhor experiência possível. Todos foram extremamente receptivos e a vontade de continuar publicando pela Editora só aumenta.

9 – Por fim, deixe seu recado livremente. Seus agradecimentos e o que lhe vier a mente.
R: Nossa, isso realmente é difícil. Acho que primeiramente não poderia deixar de agradecer a Deus pela oportunidade de concretizar um sonho recém descoberto. Quero agradecer também a minha família e a todos os amigos que me incentivaram e ficaram no meu pé para postar mais e mais capítulos. E por último, mas não menos importante, quero agradecer à minha namorada Andrezza Keppel pelo incentivo nos momentos que pensei em parar.

Como você recebeu o convite de participar de um livro com outros autores? 
R: O convite veio do Pablo,  nos tornamos amigos em 2015 depois de eu apresenta-lo ao livro que estava postando e assim comprei seu livro "Clér" e o convite surgiu: Vamos escrever um livro juntos - ele disse. E então começamos a construir o projeto.

O Que achou mais difícil nesse livro em grupo? Até para, que sirva de dica, para outros autores que pensam em fazer o mesmo.

R: Para falar a verdade todo o processo foi tranquilo, claro que tem alguns cuidados como locais, datas, e outros detalhes que tem de estar de acordo com os dos outros autores, mas em um todo houve muita harmonia e muita liberdade de escrita.



Lucas França: https://www.facebook.com/lucas.franca.39108




Sobre quem escreve a coluna MarcioZanini78:

Marcio Zanini  

mora em Bauru. É o autor de Vítimas da Obscuridade e Crônicas de Markus (aguardando lançamento). Escreve e esta constantemente criando histórias desde que se entendo por gente. Durante muitos anos trabalhou com Histórias em Quadrinhos em algumas editoras de São Paulo, onde pode colocar em prática sua imaginação. Atualmente compartilha suas ideias e pensamentos através de textos. Ama escrever e é isso que faz na vida.
Redes sociais: Skoob - Facebook

Um comentário:

  1. Olha ele haha Parabéns pelas conquistas Lucas lá em 2014 eu já sabia dos seus talentos pra escrita. O menino que me apresentou o mundo Indie e o Nórdico. ❤Agora Bora escrever porque eu sei que tem muitasido ideias aí dentro da caixola. 😜😂

    ResponderExcluir


Algumas regrinhas:

. Terminantemente proibido qualquer manifestação preconceituosa, racista, homofóbica e etc.. Respeito em primeiro lugar sempre.
. É claro que se você me seguir, eu vou lhe seguir, só dizer que seguiu no comentário e colocar seu link (não só segui me segue de volta, ok?)

Obrigada por comentar... a sua presença é muito importante para nós.

Volte sempre ^^

Clubenetes.