[KATE INDICA] Majestade, a história do cavalo branco - Primeiras Impressões




Oieee, clubenautas! 
Estou de volta! E em grande estilo. Meu tempo tem sido muito escasso no sentido lazer, então, tenho procurado com avidez livros que me prendam, que me façam feliz. Ultimamente, não os tenho encontrado. Tentei com A Bruxa de Near (nem acredito que li 60% e abandonei) e acabei desanimando até ontem.

Foi uma honra ter recebido da autora Maria Luiza as primeiras 25 páginas de seu novo lançamento e é sobre ele que vamos conversar hoje. 

Estendam o tapete vermelho para vossa Majestade <3 

Sinopse: Mariana nunca gostou muito de cavalos, mesmo vivendo em uma fazenda e tendo um pai fascinado por eles. Porém, durante uma exposição, ela acaba se encantando por um que não está a venda. Seu dono diz que o cavalo se chama Majestade e que gostaria de lhe contar uma história. A única condição é que ela acredite nele. Assim, Mariana se vê diante do que pode ser uma grande mentira ou a verdade mais fantástica. Prepare-se para conhecer o mesmo cavalo de Napoleão, de Henrique VIII, o último cavalo do Czar, a melhor montaria do Rei Arthur. Ele é perfeito. Ele é imortal. Ele é o melhor cavalo que pode existir. Só que ele não é um cavalo. Você acredita?
Autora: Malu Ghiraldeli / Gênero: Romance fantástico / Editora: Arwen / Páginas: 420
Garanta o seu, clicando aqui! (Garanta, é sério). 


O que aconteceu nessas primeiras páginas?

Somos apresentados a Mariana e sua família. Seu pai, Leopoldo, é completamente apaixonado por cavalos e sonha em ver Mariana cavalgando um, mas como ele diz: ela só vive enfiada nos livros.
Por morarem em uma fazenda, eles frequentam feiras onde são vendidos estes animais e, também, onde há exposições de outros. É lá que Mariana acaba encontrando Majestade. Entenda: ela não liga para cavalos, jamais se importou, mas aquele cavalo branco prendeu sua atenção de uma maneira quase... encantada?


“Eles eram a volta ao contrário do tempo. O tempo havia parado para eles antes que o primeiro relógio tivesse sido construído”. 

E, sabendo que seu pai pagaria qualquer preço para que ela tivesse seu próprio cavalo, tenta negociar por Majestade, mas o cavalo não está à venda, é o que diz categoricamente o rapaz ao seu lado. O Bernardo, apesar de não sabermos imediatamente o seu nome. Mariana não é do tipo que desiste, então, insiste, insiste até encontrar uma solução incrível – para ela porque a família não gostou muito não. Contratou o rapaz e seu cavalo para a fazenda do pai.



“Marta, sua mãe, seu pai e suas irmãs, Leca e Laura, haviam colocado na cabeça que o homem que ela enlouquecidamente contratara num ato de pura estupidez impulsiva, - e uma dose de curiosidade – era uma ladrão-estuprador-psicopata-degenerado que as roubaria, mataria, estupraria – não nessa ordem – e partiria sem deixar rastros”. 



Indo direto ao ponto, sabendo que corre contra o tempo, Bernardo decide contar logo a verdadeira história de Majestade para Mariana. Ela parece a garota perfeita. Lê, interessou-se inexplicavelmente pelo cavalo... talvez a última chance antes de Majestade se esquecer de tudo.


“Mariana era uma mensagem ambulante de: Eu acredito”. 





Minha Opinião

Majestade, a história do cavalo branco é a segunda história da autora a qual tenho acesso e quero dizer que Malu Ghiraldeli tornou-se minha escritora nacional favorita. Não estou tentando puxar saco, nem nada do tipo, quem me conhece sabe que não faço isso.
A escrita de Malu é única, dá para perceber que ela já encontrou sua própria voz, sua própria forma de contar histórias e você poderia reconhecer um livro dela mesmo que não lhe fosse dito o nome do autor.
Malu consegue trazer ao leitor personagens interessantes, cheios de personalidade, consegue me fazer rir e sofrer em questão de segundos. É tão incrível a ironia que ela usa durante sua escrita, trazendo a história para a nossa realidade, para os nossos comentários do dia-a-dia.

“Mari deu um passo para trás com uma expressão que o alarmou.
— Não está tentando me dizer que você é o príncipe encantado e que está vindo de algum reino distante, certo?
— Certo! – Espera — O quê? – Bernardo piscou, surpreso”. 


Arwen, quero parabenizá-los por tê-la como autora de sua casa editorial. 




Sobre Majestade, fiquei presa em dois segundos ao livro. Amo histórias de príncipes encantados e, na verdade, imagino que o livro traga até questões importantes da história do nosso mundo, e adoro História. Ou seja, um prato cheio para manter-me entretida. Fiquei muito triste quando finalizei as 25 páginas porque quero saber como será desenvolvida a relação entre Mariana, Majestade e Bernardo. Gostei muito dos diálogos entre Mari e Bernardo, eles são inteligentes e se desafiam sutilmente de uma maneira bem divertida.
E quero que Majestade seja salvo. Em poucas páginas, já me vi sofrendo, ainda mais na parte em que Bernardo serve a ele as fatias de maçã. Por favor, Malu, diga que ele ficará bem. 


“Em algum lugar, a ampulheta que marcava o tempo (spoiler) estava ficando sem areia. O tempo se acabava. E ele agora provavelmente tinha perdido sua melhor chance”. 



Beijinhos,


Kate



 Nascida e criada no Rio de Janeiro, Katerine Grinaldi já visitou lugares que não estão nos mapas convencionais. Isso graças ao seu amor pela literatura, tanto no ato de ler como no de escrever. Encantada com histórias que fazem pensar e por personagens de apaixonar, Katerine decidiu criar outros mundos para que leitores – como ela - pudessem visitar. Advogada, ela não abandona um de seus maiores prazeres: escrever. A Herdeira, seu primeiro livro, foi lançado na Bienal do Livro de 2015.
CONTATO: FACEBOOK - GRUPO NO FACEBOOK - SKOOB - WATTPAD - AMAZON








Nenhum comentário:

Postar um comentário


Algumas regrinhas:

. Terminantemente proibido qualquer manifestação preconceituosa, racista, homofóbica e etc.. Respeito em primeiro lugar sempre.
. É claro que se você me seguir, eu vou lhe seguir, só dizer que seguiu no comentário e colocar seu link (não só segui me segue de volta, ok?)

Obrigada por comentar... a sua presença é muito importante para nós.

Volte sempre ^^

Clubenetes.